top of page
  • Foto do escritor

Estão abertas as inscrições para a 5ª Edição do Fundo Aptta

Atualizado: 20 de nov. de 2023

O Fundo Aptta é uma iniciativa da Sair do Casulo que tem o foco em mulheres. Desde 2017, ano de sua criação, abrimos inscrições para receber projetos sociais que desenvolvem, dia após dia, melhores condições de vida e oportunidades para nós, mulheres, num país machista e cheio de violações de direitos como o Brasil. Até hoje, premiamos 4 projetos e conhecemos outras centenas de iniciativas.


Hoje, estamos lançando mais uma edição do Fundo Aptta. A premiação para o projeto escolhido é de R$ 5 mil reais. Nas edições anteriores, escolhemos ações que tivessem o empreendedorismo feminino como foco. Entretanto, desde o início de outubro, quando precisei fazer uma cirurgia que mudou toda a dinâmica da minha família, ponderei que, nesta edição, poderíamos ajudar iniciativas de suporte às mães solo.


Não sou mãe solo e tenho uma incrível rede de apoio. Nesse sentido, tenho tranquilidade e liberdade para viver. E, muitas vezes, me sinto desconfortável com meu privilégio, já que mais de 11 milhões de mulheres criam seus filhos sozinhas nesse país. Durante o período no hospital, quando estava amparada por uma boa estrutura médica, com meus filhos acolhidos pelos avós e acompanhada do meu marido, comentei com ele que toda mãe desse mundo deveria ter paz para cuidar da saúde, assim como eu estava tendo naquele momento. Mas, nem de longe é o que acontece.


Como o machismo é estrutural, ser mulher é estar em desvantagem e é muito simples comprovar isso - basta você buscar informações sobre como ganhamos menos que os homens, sobre os números de crimes contra a mulher, sobre como os produtos voltados para o público feminino custam mais do que aqueles comercializados para os homens, como exigem de nós o cuidado da casa, dos filhos, da família e falo isso, como eu já disse, de um lugar extremamente privilegiado. E ainda assim, é desgastante.


Entretanto, basta olhar para o lado que você verá uma mulher que precisa ainda mais da nossa atenção. Milhares de mães, principalmente as negras/pretas, são negligenciadas pelo equipamento público, seja pelas poucas políticas criadas, seja pelas poucas oportunidades de trabalho, seja pela falta de segurança institucional, seja pela falta de infraestrutura, etc. Muitas são abandonadas pelo genitor desde a descoberta da gravidez, outras durante a criação dos filhos, outras quando adoecem. Além disso, essas mulheres precisam se submeter a empregos com pouca ou nenhuma assistência, sensibilidade ou benefícios disponíveis.


Ontem, o Enem deu a resposta que eu precisava sobre a mudança de foco do Fundo Aptta. O tema da Redação foi: desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil. Como mulher, me sinto extremamente representada pelo assunto e, mais do que isso, feliz com a ideia de que milhares de jovens e adultos tiveram que pensar nisso para conseguir seguir com seus sonhos. Até porque, não existe desenvolvimento social sem equidade de gênero - dentro e fora de casa -, e todos nós precisamos entender isso e incluir em nosso dia a dia a atenção ao tema.


O Enem é sobre todas nós, mas principalmente sobre essa mãe mencionada acima, que precisa ser e fazer tudo para si, para os seus, e que enfrenta incontáveis desafios diariamente. O Fundo Aptta, em 2023, também será sobre essa mulher.


Então, se você faz parte de um projeto desenvolvido por mulheres, para atender mães solo, acesse o edital do Fundo Aptta e concorrer ao prêmio de R$ 5 mil reais.


Reforçando: não existe desenvolvimento social sem equidade de gênero - dentro e fora de casa.





Edital 5ª edição Fundo Aptta atualizado
.pdf
Fazer download de PDF • 114KB



659 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page